Bem Vindo!
+(351) 229 020 107
fontesequilibrio@gmail.com

Notice: get_woocommerce_term_meta não é usado desde a versão 3.6! Use get_term_meta em substituição. in /home/fontesdequil/public_html/wp-includes/functions.php on line 4440
  • Tala de imobilização de mão em posição plana TP-6104

    Fabricada em termoplástico, forro interior de espuma e veludo absorvente e lavável para evitar a transpiração. Podeser moldada com uma pistola de ar quente. Tem por função conseguir uma limitação da mobilidade o mais completa possivel do pulso, mãos e dedos mantendo-os em posição de 10º de extensão excepto o polegar.

    Indicações:  Como tratamento para a dor; síndrome do canal cárpico; processos inflamatórios na região do carpo; lesões neurológicas de origem central e periférica (paralesias espásticas e flácidas), prevenção das deformidades de origem reumática assim como alívio da dor e diminuição da inflamação.

  • Tala de imobilização de polegar 13cm MP-72

    Elástico impermeável acolchoado e forrado em algodão anelado muito resistente e suave, com fecho ajustável em velcro que dá uma maior adaptação da ortótese e tala de polegar em alumínio flexível/moldável e amovível para controlo da flexão.

    Indicações: Imobilização funcional do polegar, sequelas dolorosas ou inflamatórias nas artroses e artrites, tratamento de protecção após cirurgia ou lesões.

  • Tala de Quervain FP-75

    abricado em termoplástico e forrada com plastazote e fecho ajustável em velcro.

    Indicações: Lesões combinadas da articulação do pulso com o polegar; síndrome do túnel carpiano, tendinite, sequelas dolorosas e inflamatórias; instabilidades das articulações carpometacarpianas e metacarpofalângicas; lesões dos ligamentos laterais do primeiro MCP (lesões desportivas e pós-traumáticas), p. ex: polegar do esquiador;  irritações das articulações carpometacarpianas e metacarpofalângicas; rizartrose do polegar.

  • Tala de Stack TP-6200

    Fabricada em polipropileno (cor carne). A parte inferior proteje a zona distal do dedo e articulacão interfalangica distal, tem forma dedal para proteger e alojar a polpa do dedo. A parte superior está em consolidação com a inferior existindo uma zona livre na parte da unha. Imobiliza a articulação interfalangica distal mantendo em extensão a mesma, permitindo a troca de movimentos da articulação interfalangica proximal, evitando possiveis efeitos adversos sobre asrestantes articulações.

    Indicações: Desenraizamento dos extensores ao nivel da zona dorsal da falange distal.

  • Tala forrada de polegar FP-74

    Fabricado em termoplástico e forrada com filamento perfurado transpirável e fecho ajustável com micro-gancho. Também é possível modificar a anatomia da ortótese através de calor mediante pistola de ar quente. Imobiliza as articulações metacarpofalângicas do polegar (pós-traumática e pós-cirurgico)e limita os movimentos na zona distal do pulso e proximal (flexão-extensão) e também o desvio radial e cubital.

    Indicações: Tendinites, secuelas dolorosas e inflamações, instabilidades nas articulações metacarpofalângicas, lesões desportivas, polegar de esquiador, irritações nas articulações metracarpofalângicas, imobilização das articulações trapezio-metacarpianas (rizartrose do polegar).

  • Tala imobilizadora de mão anti-espasmódica

    Fabricada em termoplástico, forro interior de espuma e veludo absorvente e lavável para evitar a transpiração. Pode ser moldada com uma pistola de ar quente. Mantém as articulações do pulso, mão e dedos em ligeira flexão, separação de dedos exercendo através das correias uma força extensora individual em cada dedo.

    Indicações: Tala de repouso como tratamento da dor, patologias neurológicas. Hemiplegias, especialmente indicada em paralisias espasmódicas, mantendo a abóbada palmar, a mão e o pulso em posição inibidora dos reflexos, prevenindo as deformações devidas a espasmos e contrações, evitando a garra cubital.

  • Tala imobilizadora do tunel cárpico CTS

    A ortótese do pulso com tala de formato anatómico e palmar, estabiliza a zona do antebraço junto ao pulso até às articulações interfalângicas distais, e a mão é apoiada em posição neutra. Indicada na terapia conservativa e recuperação após cirurgia do síndrome do túnel cárpico e na imobilização do pulso e dos dedos. É de utilização muito confortável graças à construção aberta e extremamente leve.

  • Tala rígida do polegar em alumínio Rhizomed

    Rhizomed é uma ortótese para imobilização da articulação carpometacárpica e da articulação metacarpofalângica do polegar. A construção aberta e leve salvaguarda a articulação do polegar de forma fiávelA ortótese não exerce pressão sobre a cicatriz da cirurgiaÉ fácil de colocar e de fechar com apenas uma mão.